Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

PARA OUVIR O PROGRAMA AO VIVO NO YOUTUBE É PRECISO PARAR O PLAY DA RÁDIO, SENÃO MISTURA TUDO

Seguidores

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Falando do Goiá

Meu carissimo amigo Tião Camargo, ainda nao tive a oprtunidade de falar com você pessoalmente a respeito de uma viagem que fiz  coromandel para conhecer a cidadezinha que tanto inspirou o grande poeta. Estive com o irmão do Goiá que me recebeu como se eu fosse  um grande visitante, falamos muito sobre o Goiá fui ao tumulo do mesmo; enfim estive na cidade  duas noites e três dias e trouxe algumas musicas, entre elas essa que repassei ao meu visinho Plínio que por sua vez repasou a voce.


A decima quinta musica do cd chama-se a praia foi gravada inialmente por Durval e Davi, em seu inicio de carreira. Eu tenho essa musica em cd e outras com varios interpretes em uma homenagem ao grande poeta.


De volta a Bauru escrevi um artigo para o jc e foi publicado na coluna Estorias de Pescador, com o titulo PESCADOR DE POESIA. Fiz ainda alguns modestos versos falando da poesia do mais ilustre coromandelense. Estou tomando a liberdade de lhes inviar para seu conhecimento.


VISITA Á COROMANDEL


Quando o sol nascente emergiu da noite
Apagando os rastros aquem do horizonte
Pela estrada calma de nome poesia 
O clarão surgia exibindoos montes
E assim fui me pondo por entre as montanhas
Buscando as entranhas das furnas de serras
Já nao via mais o clarão das estrelas
Tal qual um mendigo que busca a incerteza
Vi-me num lugar que cheira á natureza
Sentindo beleza e o frescor da terra
A alma ansiosa desse viajante
De forma inquietante buscando alegria
Pairava serena diante da cidade
Onde a eternidade roubou a poesia
Me vi peregrino adentrando á mesquita
Uma força bonita desceu sobre mim
Senti em meu peito de poeta caipira
Um misto de dor e calma que inspira
Percebi que a alma se rasgava em tiras
E que tudo aquilo ainda mao era o fim
Em grande avenida rua e rodovia
Seu nome anuncia a justa homenagem
De forma discreta cheguei na cidade 
A hospitalidde me encheu de coragem
Fui ao cimeterio visitar a campa
Aonde descança o artesão das palavras
O cedro frondoso o seu violão
Uns versos rimados de uma linda cançao
Escondi meu pranto e a minha emoção
Ouvindo seus discos com o carro na estrada.

Lázaro Carneiro (lazarocarneiro@blogspot.com)

Tá aí, portanto, a colaboração do meu amigo Lazinho Carneiro, que foi quem trouxe o CD de João Vitor e Ademir e deu uma cópia ao Plínio Fidêncio. Infelizmente, o Lázaro também ganhou o CD sem nenhum dado, mas acabou identificando a 15ª música “Praia”, e acabou nos brindando com uma bela poesia de sua própria autoria. O Lázaro ainda algumas músicas gravadas com Carreteiro e Carrerense, como pro exemplo, “Cheiro de Boiada”. Qualquer dia vamos postar o disco deles aqui no blog.

Obrigado, Lazinho!

Um comentário:

  1. Caríssimo amigo Tião Camargo,

    Esbarrei-me com seu comentário a respeito do Cd do Goiá, apenas hoje, o que lamento muito não tê-lo acessado em tempo.
    Quero lhe dizer sobre a "dupla que gravou esse Cd com músicas do Goiá".
    Primeiramente, peço-lhe desculpas para uma correção sobre o verdadeiro nome da
    dupla: Zé Vitor e Ademir (e não João Vitor...).
    Na verdade, os meninos residem em São José do Rio Preto, onde iniciaram carreira e
    por lá vivem até hoje perseguindo o sucesso, que muito tarda e não corresponde ao
    talento artistico dos persistentes garotos.
    Zé Vítor e Ademir gravaram 06 Cds. O Cd "As Saudades do Goiá" é seu quinto album.
    Recentemente, lançaram o Cd "Amo Ter Você Comigo", música do Zé Vitor, compositor
    reconhecido por cerca de 50 canções (gravou com Guilherme e Santiago "Babando Colorido").
    Sobre o Cd do Goiá, produzimos o álbum para atender um desejo pessoal, fã que somos
    do compositor há longa data, inclusive fizemos uma visita a Coromandel a fim de constatar
    a grande fonte de inspiração do Saudoso compositor mineiro. Na oportunidade, conhecemos lugares
    (Chapadão, Poço Verde, Abadia e claro, Coromandel), além de visitarmos seu irmão Nelson Coutinho, com quem
    confirmamos detalhes da biografia do insuperável Gerson Coutinho.
    Desta forma, caríssimo amigo, agradecemos sua deferência pelos meninos de Rio Preto.
    Solicitamos que acesso o site oficial da dupla (www.zevitoreademir.com.br), para obter mais informações.
    De outra maneira, faremos questão de lhe enviar pessoalmente o acervo da dupla, incluindo exemplares do
    cd "As Saudades do Goiá", para sua prestigiosa divulgação. Aguardo confirmação pelo e-mail miltonluiz.moreira@uol.com.br

    Com abraço,
    Milton Moreira.

    ResponderExcluir