Fotos recolhidas da net

Seguidores

Play Novo

Web Rádio "SAUDADE SERTANEJA, transmitindo de Bauru/SP, Sob Direção Geral de Tião Camargo

domingo, 31 de julho de 2011

João Mulato e Douradinho (1980) Saudade de Um Amor Passado

João Mulato e Douradinho

Primeiro de João Mulato e Douradinho

  1. Cruel destino (Vicente P. Machado – João Mulato)
  2. Amanhã eu vou (Compadre Moreira)
  3. Afogando meu pranto (Zezito – Douradinho)
  4. Missão dolorosa (Arlindo Rosa – Armando Puzi)
  5. Escola do mundo (Arlindo Rosa – Lourival dos Santos)
  6. Encontro fatal (Arlindo Rosa – Augusto Alves Pinto)
  7. Saudade de um amor passado (João Mulato – Douradinho)
  8. Vou onde tem amor (Zezito – Douradinho)
  9. Menina do riacho (Moacyr dos Santos – Sulino)
  10. Quero você lá em casa (Vicente P. Machado – João Mulato)
  11. A palavra de Deus (Moacyr do Santos – Belmiro)
  12. Golpes da vida (Luiz de Castro)

DOWNLOAD

Link do blog do meu amigo Gustavo Spirandio

sábado, 30 de julho de 2011

João Mulato e Douradinho (1987) Meus Rastros

João Mulato e Douradinho 02

João Mulato e Douradinho 01 

  1. Fruto proibido - João Mulato/Jesus Belmiro
  2. Meus rastros - Joel Marques/Maracaí
  3. Quarto de porão - Peão Carreiro/José Béttio
  4. O amor que findou - João Mulato/Alessandro Melo
  5. Mulher mal amada - Peão Carreiro/José Homero
  6. Os mesmos direitos - Alcino Alves/Rossi
  7. Tudo leva - João Mulato/Jesus Belmiro/Peito Pardo
  8. Ponta de lança - João Mulato/Jesus Belmiro
  9. Diamante vermelho - João Mulato/Jesus Belmiro/Romualdo Dias
  10. Norte de Minas - Tião Carreiro/João Mulato/Jesus Belmiro
  11. Vida de pirangueiro - Durvalino Moralles/João Mulato/Tião do Ouro
  12. Coração de ouro - João Mulato/Jesus Belmiro

DOWNLOAD

CRÉDITO: Walter Quederoli “Mocotó” Santo André/SP

quinta-feira, 28 de julho de 2011

João Mendes e Patriarca – Minhas Lágrimas

João Mendes e Patriarca 01

Minhas Lágrimas

  1. Minhas Lágrima (Souza Moreno)
  2. Moda Da Moda (Alberto Merlin-Emilia Pieroni)
  3. Querida Bahia (Durvalino Basi)
  4. Hino Da Madrugada (Maturgo Olivier)
  5. Conheço (Alberto Merlin)
  6. Alma Sofredora (Benedito Amorin)
  7. Tudo Mora (Requinto-Patriarca)
  8. Tarde Demais (Celso Ribeiro Da Silva)
  9. Eu Gosto (Alberto Merlin)
  10. Rancho Fechado (Sebastião Braz)
  11. Jogo Bem Bolado (Alberto Merlin)
  12. Mineirinha (Augusto Toscano-Jaguari)

Download
Créditos: Samuel dos Reis Garcia
” O CAIPIRA DO SUR DE MINAS GERAIS ”
Fundador do Grupo Caipira Raíz

Postagem original do site Saudade da Minha Terra

João Mendes e Patriarca – É Fogo na Roupa

João Mendes e Patriarca É Fogo Na Roupa

  1. É fogo na roupa (Sebastião Rabelo e Patriarca)
  2. Vem cá meu bem (Geraldo Alonge)
  3. Serenata (João Mendes)
  4. Par de alianças (Sebastião Braz)
  5. Greve das plantas (Geraldo Alonge)
  6. Guizo de cascavél (João Mendes)
  7. Lua nova (J. Rodrigues e Patriarca)
  8. Contando papo (Vendramel)
  9. Depois que ela foi embora (Moacir Fogo)
  10. Você é culpada (Geraldo Alonge)
  11. Bem querer (João Mendes e Patriarca)
  12. Vida de sertanejo (Nicola Pistiniz)

Rapidshare…ou…Depositfiles…ou…FreakShare…ou…Uploading
Créditos: Sandra Cristina Peripato
Site: Recanto Caipira

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Celita (1981) Te Amarei Toda Vida

Celita   Te Amarei Toda Vida

verso

  1. Te Amarei Toda Vida (Cuco Sanchez / Vrs. Miltinho)
  2. Cavalo Preto (Anacleto Rosas Júnior)
  3. Faz Um Ano (Hace Un Año) (F. Valdez Leal / Vrs. Nhô Pai)
  4. A Pombinha Branca Voltou (Miltinho Rodrigues)
  5. Meu Laço (Athos Campos / Osvaldo Policastro)
  6. Apartamento 37 (Léo Canhoto)
  7. Rancho Alegre (Felipe Bermejo / Capitão Furtado)
  8. Lar Modesto (Jeca Mineiro / Zico Romão)
  9. Goianino Lindo (Venâncio / Ubirajara Moreira)
  10. Cotovelo Machucado (J. Ribeiro / Valdeci)

DOWNLOAD

CRÉDITO: Walter Quederoli “Mocotó” Santo André/SP

Precisamos da Biografia da Celita, se alguém puder nos enviar para colocar aqui no blog, ficaremos gratos.

Festival “Na Beira da Tuia” 1975

Festival Na Beira da TuiaPostagem original www.baudelongplaying.com.br

OBS. O Valdenir da dupla Valdir e Valdenir (dupla do meio das três inferiores da foto) é Zé Goiano da saudosa dupla Eli Silva e Zé Goiano, hoje Zé Moreno e Zé Goiano.

Tião Camargo

Álbum: Festival Beira da Tuia
Ano/Gravadora: (1975) Caboclo/Continental 1-03-405-174
Artista(s) Vários
Acervo: Paulo Lucio
Restauração: Paulo Lucio
Formato: mp3
Bitrate: 320 kbps
Áudio: Ótimo
Obs: Há uma referência deste ábum no Site Boa Música Brasileira

Fonogramas Lado A
A01. Quebra Fama - (Cachiné - Cachiado) - (Cachiné e Cachiado)
A02. Rosa Branca - (Amaril - Mario Trovador) - (Amaril e Amaral)
A03. Sonho de Poeta - (Darci Ananias - H. Batista Campos) - (Trio do Campo)
A04. Suspira Meu Bem Suspira - (Paraná) - (Paraná e Paranaense)
A05. Festa de São João - (Osmar - Anselmo Pacito) - (Alselmo e Benício)
A06. Linda Enfermeira - (Zé do Asfalto - Rei da Estrada) - (Zé do Asfalto e Rei da Estrada)

Fonogramas Lado B
B01. Barra Limpa - (Cachiné - Cachiado)  - (Cachiné e Cachiado)
B02. Moreninha Faceira - (João de Souza) - (Bilar e Belair)
B03. Pagodeira - (Valdir - Valdenir) - (Valdir - Valdenir)
B04. Dor de Cotovelo - (Zé Morais) - (Zé Morais e João da Serra)
B05. Feitiço Selvagem - (Bill Marques) - (Rei do Mar e Juveny)
B06. Morrerei Te Amando - (Pirgibe - Tinoco - Nhô Fio) - (Os Gaúchos - Piragibe - Cristiano - Neuzinha)

Fonte de pesquisa: Capa, Contracapa, Selo Lado e Selo Lado B do Long Playing

4shared

Mediafire

MultiUpload

Rapidshare

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Zilo e Zalo Cantam Seus Sucessos (1960)

zilo-Cantam-Para-Seus-Fans Primeiro LP de Zilo e Zalo (1960)

  1. A volta do seresteiro (Zalo/Benedito Seviero)
  2. Amrga lembrança (Zilo/Zalo)
  3. Covardia (Zilo/Mário Bernardino)
  4. Alma aventureira (Zalo/Benedito Seviero)
  5. O meu castigo (J. V. da Silva/Benedito da Silva)
  6. Alma inocente (Zalo/Benedito Seviero)
  7. O mesmo amigo (Benedito Seviero/Rocha de Menezes)
  8. Queixas de amor (Zilo/Sebastião Victor)
  9. Violão amigo (Zilo/Benedito Seviero)
  10. Nunca mais (Miltinho/Zalo/Sebastião Victor)
  11. Cruz da saudade (Zalo/Benedito Seviero)
  12. Triste arependimento (Goiá/Gauchito)

DOWNLOAD

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Nota de Falecimento

Morreu ontem às 18:30 hs, em São Paulo, aos 71 anos, a Aparecida Martins, a Cida do Duo Ciriema, que amanhã, 18/07/2011, completaria 52 anos de carreira. Ela sofria de câncer, está sendo velada no Cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, onde será cremada as 17:00 hs de hoje, segundo informações da Irene Lopes, sua parceira de dupla, com quem falei hoje pela manhã.

Aparecida Martins (1940, Franca – 2011, São Paulo)

Lamentamos, profundamente, a morte de mais uma grande artista do nosso Mundo Sertanejo. Aos amigos, fãs e parentes da Cida e do Duo Ciriema, os sinceros sentimentos de todos do blog Saudade Sertaneja.

Tião Camargo

Saiba mais sobre o Duo Ciriema em nosso blog AQUI

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Zezinho e Zulieta

Tamanho Do Arquivo:  45.1 MB
M Cassete  C/ qualidade Média

Prece Ao Criador ... Letra Da Música

"Vamos Todos juntos Dar As Mãos
Porque Na Realidade
Somos Filhos De Um Pai Só...
Pra Que Orgulho Tanto Luxo e Vaidade
Se Depois Na Eternidade
Tudo Isso Vira Pó"

Nota do blog Caipira do Sul: A aproximadamente dois anos atrás mandei esta obra para a Alexandra "Site Saudade da minha terra" com o comentário como incentivo ao aparecimento de outras postagens deste Duo maravilhoso, porém até hoje nada, somente repostagens desta mesma obra. De lá prá cá consegui, com muito custo somente mais um vinil, que logo postarei. Estranho que este Duo, que marcou por duas décadas, como um dos mais lindo dueto que esta terra já ouviu, sumiu completamente. Ai.. Um apelo a quem souber, ou que tenha qualquer material a respeito deles por favor nos envie.

Postagem do blog Caipira do Sul

  1. Cantiga De Amor A Terra (Leonardo e Zezinho)
  2. Certo Ou Errado (Darci Silva)
  3. Levando Meu Abraço (Zezinho e Julieta)
  4. Amor Correspondido (Zezinho e Julieta)
  5. Hóstia Do Pampa (Leonardo)
  6. Dona Felicidade (José Da Silva)
  7. Prece Ao Criador (Leonir)
  8. Compasso Da Gaita (Zezinho e Leonardo)
  9. Com O Que É Meu Quero Respeito (Zezinho e Leonardo)
  10. Nos Braços Da Solidão (Leonir)
  11. Não Pretendo Te Enganar (Leonir)
  12. Nosso Drama (Leonir)

Baixe Aqui Mediafire

Baixe Aqui Uploading

terça-feira, 5 de julho de 2011

Zilo e Zalo (78 rpm)

Os irmãos Aníbio Pereira de Souza (Zilo) nasceu em 01 de março de 1935 e Belizário Pereira de Souza (Zalo) nasceu em 25 de maio de 1937. Ambos nasceram no Bairro Ribeirão dos Cubos, no município de Santa Cruz do Rio Pardo, no estado de São Paulo, onde o senhor David Pereira de Souza era lavrador e proprietário de um bonito sítio. Ao todo na família são em seis irmãos, sendo quatro homens e duas mulheres.

Ainda garotos, na escola, começaram a cantar. Um primo, Joaquim Mendes (ótimo compositor) ensinou-lhes as primeiras posições e ministrou-lhes as primeiras aulas para domínio do violão. Mais tarde, esse mesmo primo seria grande incentivador da dupla, dando-lhes sempre ânimo para que vencessem na carreira artística.

Em 1954, com os nomes de Pereré e Pereirinha, cantaram durante seis meses na Rádio Difusora de Santa Cruz do Rio Pardo. No final do ano, senhor David decidiu mudar-se para São Paulo, trazendo toda a família. Não foi muito fácil eles conseguirem se apresentar nas emissoras de rádio. Isso só veio acontecer em 1955, quando foram ao Circo Rancho Alegre, do Paiozinho, que surgiu a oportunidade de cantarem uma moda de viola, com a seguinte condição: se o público aplaudisse, cantariam mais uma; qual não foi a surpresa dos irmãos que tiveram que cantar quatro músicas. Reconhecendo o talento da dupla, Paiozinho e Zé Tapera os levaram para participar do Programa "Casa do Fazendeiro" na Rádio Cultura de São Paulo. Nascia assim, a dupla Zilo e Zalo.

Em 1956 decidiram participar de um concurso promovido pela Rádio Record, o "Festival Jubileu de Prata da Rádio Record". Concorreram com duzentos e cinqüenta e três conjuntos. O processo era de eliminação e, quando os juízes revelaram o nome dos quinze conjuntos classificados, Zilo e Zalo conseguiram a nona colocação. Saíram do concurso com uma bela medalha e muito ânimo para voltar a tentar o rádio como profissionais. Poucos dias depois, levados por Zacarias Mourão estrearam na Rádio Bandeirantes nos programas "Serra da Mantiqueira" e "Brasil Caboclo", programas tradicionais da época. Através de Cascatinha, em 1958 gravaram seu primeiro disco 78 rotações pela Gravadora Todamérica, com as músicas "A Volta do Seresteiro" e "Adeus do Mineiro". Depois veio o segundo disco 78 rpm, com as músicas "Obrigado Sertanejo" e "O Crime do Fazendeiro".

Sempre fiéis ao estilo a dupla gravou dezoito discos 78 rpm. Somente em 1960, gravaram o primeiro LP pela Gravadora Continental, intitulado "Zilo e Zalo Cantam para seus Fãs".

Em 1966 gravaram um compacto simples pela Gravadora Chantecler, trabalho beneficiente para ser comercializado somente fora do país, com as músicas "Castelo de Areia" e "Grande Esperança".

Nos seus quarenta e seis anos de carreira, Zilo e Zalo passaram pelas melhores emissoras de rádio da capital paulista e gravaram pelas principais gravadoras: Continental, Chantecler, Todamérica, RCA Víctor, Tropicana, Copacabana, CBS, Beverly, Globo Gravações e MM.

Gravaram ao longo de sua carreira um total de 18 discos 78 rpm, 32 LPs e 04 CDs de Coletâneas.
Entre seus grandes sucessos: A Volta do Seresteiro, Feitiço Espanhol, A Grande Esperança, Vingança do Caçador, A Marca da Traição, O Incêndio, Chora Coração, O Milagre do Ladrão, Mineiro de Monte Belo, entre outros.

A dupla só veio a se desfazer com a morte de Zilo ocorrida em 06 de janeiro de 2002.
Graças as lindas vozes e ao grande sucesso alcançado, merecidamente receberam o slogan "AS VOZES ENCANTADORAS DO SERTÃO".
Zalo deu continuidade ao seu trabalho, hoje canta com seu filho Renato.

Texto: Sandra Cristina Peripato www.recantocaipira.com.br

  1. Adeus do Mineiro (Teddy Vieira e Piraci) (1958
  2. A Volta do Seresteiro (Benedito Seviero e Zalo) 1958
  3. Obrigado Sertanejo (Zilo - Zalo) 1958
  4. O Crime Do Fazendeiro (N. Gomes - Biguá - Zalo) 1958
  5. Violão Amigo (Benedito Seviero e Zilo) 1959
  6. Castigo Merecido (Alcindo Machado e Zalo) 1959
  7. Se não fosse as Mulheres (Sebastião Vitor e Zilo) 1960
  8. O Silêncio do Seresteiro (Benedito Seviero e Zalo) 1960
  9. Queixas de Amor (Zilo e Sebastião Vitor) 1960
  10. Alma Inocente (Zalo e Bebedito Seviero) 1960
  11. O Mesmo Amigo (Benedito Seviero e Rocha Menezes) 1960
  12. Nunca Mais (Miltinho, Zalo e Benedito Seviero) 1960
  13. Tango da Meia Noite (Zilo e Benedito Seviero) 1960
  14. Última Noite (Zalo e Benedito Seviero) 1960

DOWNLOAD

Crédito: Tião Camargo e Walter Quederoli “Mocotó” de Santo André

A música “Adeus do Mineiro”, primeira gravação de Zilo e Zalo, foi uma homenagem do Teddy Vieira e do Piraci ao Alcindo Freire, o “Mineiro” da dupla Mineiro e Manduzinho, falecido em 1958.

Abaixo, algumas fotos de um show que apresentei em Bauru no dia 07/02/1993, no salão São Francisco, do qual também participou Eli Silva e Zé Goiano pouco antes de gravar seu primeiro LP.

digitalizar0001Zé Goiano, Eli Silva, Valdete Meyer (Até Hoje, operadora de áudio na Rádio Aure Verde de Bauru), Zalo, Nilton (Promotor do Show) e eu Tião Camargo

digitalizar0009  Tião Camargo, Eli Silva e Zé Goiano

digitalizar0017 

Tião Camargo, Zilo e Zalo e o múisco que acompanhava a dupla (infelizmente, não tenho o nome dele)

digitalizar0013

No palco, Zilo e Zalo, o músico deles, Nilton e Esposa. Abaixo, eu tentando dar uma acertada no som ao lado do meu amigo Durval Leite

No vídeo acima, com muita saudade, vemos Zilo e Zalo Cantando “Visão do Pensamente” no programa Viola, Minha Viola em 1980

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Saudade Sertaneja (Volume 24)

Festa do Milho (Brotas - 2011) Hamiltom Menechelli e Tião Goiano

Esta edição da coletênea “Saudade Sertaneja”, com a permissão de nossos visitantes e colaboradores, quero dedicar ao meu Amigo Hamiltom Menecheli (Mirtão) da Cidade de Duartina que, com muito merecimento, foi o homenageado neste ano na Festa do Milho da Cidade de Brotas. Na foto acima, o Tião Goiano, com seu famoso cigarrinho de páia, autografando seu CD para o Hamiltom. Muitos deveriam pedir autográfo ao Mirtão…

O Mirtão merece muito mais que isso; são pessoas assim, como ele, que fazem nossa verdadeira Música Sertaneja continuar em evidência. Com toda sua simplescidade, sinceridade e ética o Mirtão organiza os festivais sertanejos daqui da nossa região. Parabéns Mirtão!

Na foto acina, Dona Ana Menechelli, Laura, Hamiltom e Leide na Festa do Milho do ano passado.

Em breve postaremnos aqui alguma fotos e vídeos da Festa do Milho desse ano em Brotas.

  1. Bento Cantadô (Zé Pagão e Nhô Rosa) Zé Pagão e Nhô Rosa (1950)
  2. Boi de Guia (João Diniz e Ulisses Silva) Dupla Zoológica (1952)
  3. Boiadeiro Paulista (Zé Pagão e Nhô Rosa) Zé Pagão e Nhô Rosa (1954)
  4. Devolva-me (Zé Rancheiro e Santana) Zé Rancheiro e Santana (1959)
  5. Encruzilhada da Vida (Zé Fortuna e Marroeiro) Zé Goiano e Goianinho (1956)
  6. Falso Juramento (Ado Benatti) Tangará e Pavão do Norte (1955)
  7. Festa no Céu (Faísca e Labareda) Faísca e Labareda (1961)
  8. Lembrando o Amor (Osvaldinho) Dupla Mirim (1957)
  9. Marca da Inocência (Moacyr dos Santos e Sulino) Zé Goiano e Goianinho (1956)
  10. Na Boca da Cobra (Lourival dos Santos e Zé Pão) Zé Pagão e Fostino (1959)
  11. Norte do Paraná (Teddy Vieira e Ado Benatti) Tangará e Pavão do Norte (1955)
  12. Por Tua Culpa (Santana e Zé da Mata) Zé Rancheiro e Santana (1959)
  13. Rodilha de Cobra (Arlindo Pinto) João Mineiro e Mulatinho ( 1961)
  14. São João na Roça (Irmãos Orlando e Calixto) Dupla Zoológica (1952)
  15. Transporte a Mato Grosso (Tatu e Zé Pagão) Zé Pagão e Fostino (1957)
  16. Viagem Perigosa (Agenor P. Carvalho, Mariano e Biazinho) Mariano e Biazinho (1952)
  17. Vida de Boêmio (Labareda e Sebastião Vitor) Faísca e Labareda (1961)
  18. Volta Por Cima (João Batista) Zé Trigueiro e João Batista

Nosso sincero agradecimento ao meu amigo Fábio Moreira – o Porangaba – que muito tem nos ajudados enviando muitas raridades que postamos aqui no blog, ´rincipalmente nessa edição.

DOWNLOAD