Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Santos Pereira, Richel e Branquito (1980)

020

022

Os Cancioneiros da Fronteira, formado por Santos Pereira, Richel e Branquito, todos de Bauru, surgiu nos anos setenta e gravou esse único disco em 1980. Santos Pereira, até bem pouco tempo ainda morava por aqui, mas não consegui localizá-lo para obter mais informações sobre o trio; Richel, como diz Rolando Boldrin, foi para o andar de cima antes do combinado, infelizmente; do Branquito, a última notícia que tive dava conta de que estava morando na cidade de Jaú. Do Contrabaxista, Tchepo, que aparece na contra-capa, não consegui nenhuma informação.

Neste álbum podemos destacar, pelo menos, duas páginas bem conhecidas nossas: “Flor de Guavira”, gravada por Praião e Prainha em 1971, por Bia e Dino Franco em 1974 e “Pedaço de Poema” gravada por Bia e Dino Franco em 1977, Dino Franco e Mouraí em 1983.

Aproveitando a oportunidade, presto a minha sincera homenagem, com muita saudade, ao meu grande saudoso amigo “Athayde Falsetti” que escreveu, nada menos, que cinco páginas deste álbum, com destaque para a música “O Patriota”; música esta que, por muitas vezes, cantei com ele no Bar do Bigode, na Baixada do Silvino, em Bauru

Tião Camargo

  1. O Patriota (Athayde Falsetti e Valter Neto)
  2. Canção Prá Lua (Athayde Falsetti)
  3. Flor de Guavira (Dino Franco e Tertuliano Amarilha)
  4. Solitário (Cidimar e Gentil Rossi)
  5. Fim de Um Drama (Athayde Falsetti)
  6. Basta Sorrir (Richel)
  7. Chuvas e Lágrimas (Verinha)
  8. Triste Passado (Athayde Falsetti e Luiz Leme)
  9. Sonhos de Mato Grosso (Cidimar)
  10. Não Te Perdoo (Athayde Falsetti e Sulino)
  11. Pedaço de Poema (Flávio Mattes e Milongueiro)
  12. Escadas do Mundo (Cidimar e Carlut)

DOWNLOAD

Um comentário:

  1. Sou filho do contra baixista Tchepo dos cancioneiros da fronteira. E venho lhes enformar que em 1981 ele faleceu com leucemia. Mas meus agradecimentos pelas lembranças. E que nos anos 70 formou-se a dupla que era conhecida em bauru como Passo Preto e Azulão. meus agradecimentos !!! muito obrigado !!!

    Jaime da Silva Salgado. !!!

    ResponderExcluir