Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Saudade Sertaneja (Volume 18)

ipe-amarelo

Glorioso ipê de Porto Velho - Rondônia, que mesmo cortado e transformado em poste, resolve não morrer. Fonte: http://claudioblacksheep.blog.terra.com.br/2009/12/

  1. Adeus Fronteira (Tinoco e Sertãozinho) Tonico e Tinoco (1950)
  2. Balão (Alvarenga e Ranchinho) Alvarenga, Ranchinho e Antenógenes Silva (1936)
  3. Burro Picaço (Anacleto Rosas Jr. e Geraldo Costa) Palmeira e Luizinho (1948)
  4. Casamento Eu Não Perco (J.S. Andrade e Mariano da Siilva) Mariano e Joanico (1941)
  5. Duas Bandeiras (Bráz Serrador) Irmãs Castro (1948)
  6. Folha Caida (Pacheco Silva) Caxangá e Sanica (1952)
  7. Guerra lá na Oropa (Bhá Zefa e Capitão Barduíno) Nhá Zefa e Serrinha (1939)
  8. Homenagem à Mamãe (Ormas Zan e Nonô Basílio) Duo Irmãs Celeste (1949)
  9. Lembrando Aquele Amor (Aldino e Piraci) Juquinha e Benjamin (1947)
  10. Meu Olhar Quando Treme (Arlindo Santana) Arlindo Santana e Vila Nova (1938)
  11. Mineiro de Gosto (Lourival dos Santos, Piraci e Tonico) Piraci e Jorginho (1948)
  12. O Caboclo Apanha (Cornélio Pires) Zé Messias e Parceiros (1930)
  13. O Piá do Nhambu (Raul Torres) Raul Torres e Genésio Arruda (1930)
  14. Oh, Tereza (Xerém e Bentinho) Xerém e Bentinho (1939)
  15. Piracicaba (Newton de Almeida Mello) Mariano, Cobrinha e Mário Zan (1948, 78 rpm)
  16. Que Moça Bonita (Zico Dias e Ferrinho) Zico Dias e Ferrinho (1934)
  17. Que Raio (Chucho Monge, Adp. Capitão Furtado) Xandica e Xandoca (1943)
  18. Quebra Quebra, Joaninha (Mané Lambança) Nhô Nardo e Mané Lambança (1946)
  19. Rosa Branca (Zé Mané e Zé Pagão) Zé Mané e Zé Pagão (1940, 78 rpm)
  20. Sogra e a Confusão (Toninho e Tonhão) Toninho e Tonhão (1958)

DOWNLOAD

2 comentários:

  1. A cidade onde esta localizado esse Ipê, deveria juntamente com as autoridades da cidade, erigir um monumento a esse Ipê maravilhoso. Pois mesmo ferido sobrevive permitindo que se faça econômia na instalação de poste. A foto esclarecedora tem muita arte, pois mostra o descaso que temos com as coisas da natureza. Por favor tirem esse amaranhado de fios e instalações dai e coloquem em outro lugar. O descaso com a natureza nos dias de hoje é pura ignorância.
    Antonio F. Pereira

    ResponderExcluir
  2. alguem por favor poderia disponibilizar algumas musicas da dupla chico(francisco) pedro e arlindo santana ou chico(francisco) pedro e ze vila nova, sou neto do chico pedro e estou procurando seu acervo musical

    ResponderExcluir