Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Anacleto Rosas Júnior

PEDACINHO DO BRASIL - TAMARÉ E GOUVEIA - COMPOSIÇÃO DE ANACLETO ROSAS JR

"Anacleto Rosas junior" deixou varias composições; que estão no youTube;e outras virão. Como neto de anacleto, gostaria de agradecer essa pagina! Sei que meu avô serviu de inspiração para muitos. E deixou saudades…

Rubens Rosas Júnior. Memória - Tributo a Anacleto Rosas Júnior

Mais uma das canções inéditas do grande Compositor Anacleto Rosas Júnior, o pioneiro da Moda Campeira.

Como já disse em outras postagens, inclusive aqui no “Saudade Sertaneja”, o compositor sempre foi esquecido pela mídia e pelos intérpretes, como se música fosse achada na lata de lixo.

Sempre fico muito chateado e irritado quando alguém canta em público e não cita o (s) nome(s) do (s) compositor (s) da música.

“Na nossa roça, esses são os Pé de mío da beirada”.

Tião Camargo

E, na foto abaixo, da esquerda prá direita, quatro grandes Compositores da Música Caipira Raiz: Anacleto Rosas Jr., Teddy Vieira, Arlindo Pinto e Ado Benatti.

Abaixo, biografia e composições de Anacleto Rosas Júnior - Fonte: Dicionário Cravo Albin.

18/7/1911  Mogi das Cruzes, SP

4/2/1978  Taubaté, SP

Em 1923, mudou-se para Poá, em São Paulo, pois o pai possuía ali um comércio. Ainda criança já costumava cantar modas-de-viola e desafios. Casou-se em 1934 e em 1937, mudou-se para a cidade de São Paulo em busca de espaço para divulgar suas composições.Na capital paulista conheceu em 1942, o já famoso cantor e compositor Capitão Furtado, que se interessou por suas composições e o apresentou à dupla Palmeira e Piraci. Em 1944, esta dupla gravou pela Continental sua primeira composição, a toada "Promessa de caboclo".

Em 1946, Brinquinho e Brioso gravaram a moda de viola "Caboclo de azar", o recortado "Fartura" e a toada "Linda serrana". No mesmo ano, Tonico e Tinoco gravaram a valsa "Cortando estradão" e Palmeira e Luizinho as modas- campeiras "Cavalo preto", regravada nos anos 1970 por Sérgio Reis, e "Boiadeiro bão", em parceria com Arlindo Pinto.

Suas composições foram gravadas por diversos intérpretes, sendo Tonico e Tinoco os mais constantes. A dupla gravou "A cruz do caminho", a moda-de-viola "Rancho vazio" e "Adeus Rio Grande", todas em 1949 e o cururu "Exemplo de fé", em 1957. Nhô Pai e Nhô Fio gravaram a guarânia "Brasil" em 1949, que seria regravada em 1952, por Cascatinha e Inhana. Com Ado Benatti e Serrinha compôs as modas- de-viola "Os crimes do Dioguinho" e "A morte do Dioguinho", gravadas em 1950 por Serrinha e Caboclinho. No mesmo ano, Brinquinho e Brioso gravaram a moda de viola "Etelvina", parceria com Brioso

Em 1951, Tonico e Tinoco gravaram o cururu "Aparecida do Norte", parceria com Tonico. Em 1952, a dupla "Coração do Brasil" gravou a moda-de-viola "Casinha branca", outra parceria com Tinoco. Em 1954, a dupla gravou a moda-de-viola "Recado". No mesmo ano, teria duas de suas composições com Arlindo Pinto gravadas por Vieira e Vieirinha, a moda-de-viola "Desprezo" e a congada "Coroa de rei". Outra dupla que gravou várias de suas composições foi Luisinho e Limeira: as modas-de-viola "Mil e quinhentas cabeças" e "Zé Valente" e o valseado "Peito magoado" em 1953. No ano seguinte, gravaram o galope "Querência amada" e a moda "Solteiro é mió". Em 1955, gravaram a toada "Não sou gaúcho".

No mesmo ano, Nenete e Dorinho gravaram a valsa "Seu aniversário". Em 1958, Zé Tapera e Chiquinho gravaram o cururu "Santo Glorioso". Em 1962, a composição "Romaria" foi gravada por Luisinho e Limeira e por Vádeo e Vídeo. Em 1964, "Mestiça", "Resposta da mestiça", "Último pedido" e "Meu prazer" foram gravadas pelo Trio Turuna, que em 1970, gravou "Na ponta do reio" e em 1975, "Juntinho de ti". Foram seus parceiros, entre outros, Tonico, Serrinha, Ado Benatti e Brioso.

Trio Turuna

Um dos componentes do Trio Turuna, Luiz Rosas Sobrinho, é filho do Anacleto Rosas Júnior

Arlindo Pinto, foi seu maior parceiro, com o qual produziu mais de 20 composições. Diversos artistas fizeram registro de suas composições, entre os quais, além dos já citados, as duplas, Souza e Monteiro, Silveira e Barrinha, Charanga e Chará, Zé Catira e Dito Catireiro, Canário e Canarinho o Duo Batuíra, o Trio Sul a Norte e os cantores Antônio Marchi e Tino Reis. Um de seus maiores sucessos, foi o valseado "Três boiadeiros", que se tornou um clássico, contando a longa viagem dos amigos tocando a boiada e dos percalços sofridos, e gravada por Pedro Bento e Zé da Estrada, em 1961.

Em 1993, Renato Teixeira gravou "Mestiça" e "Flor Mato-grossense". Teve um programa de rádio que iniciava invariavelmente da seguinte maneira, "Acoooooorda muierada! Vão prepará o leite do marido que ele tem que trabaiá! Bota a garrafa pra fora que o caminhão vai passá!". Deixou mais de 50 composições gravadas. Em 2000 a Som Livre relançou em CD o disco "Rancho vazio - Relembrando Anacleto Rosas Jr.", no qual Tonico e Tinoco interpretam 12 composições de sua autoria, entre as quais, "Triste despedida", "Filho de Mato Grosso", "Cavalo preto" e a música que dá título ao disco.

COMPOSIÇÕES de Anacleto Rosas Júnior

A cruz de ferro I (c/ Elpídio dos Santos) • A cruz de ferro II (c/ Geraldo Braz de Souza) • A cruz do caminho (c/ Arlindo Pinto) • A morte do canoeiro (c/ Patativa) • A muié do canoeiro (c/ Elpídio dos Santos) • A última trucada (c/ Palmeira) • A volta do canoeiro • Adeus Rio Grande (c/ Arlindo Pinto) • Alma revoltada (c/ Arlindo Pinto) • Amor impossível • Amor proibido • Aparecida do Norte (c/ Tinoco) • Baldrana macia (c/ Arlindo Pinto) • Belo Horizonte (c/ Arlindo Pinto) • Boi de carro (c/ Tinoco) • Boi penacho • Boiadeiro bão (c/ Arlindo Pinto) • Brasil (c/ Arlindo Pinto) • Burro picaço (c/ Geraldo Costa) • Caboclo (c/ Capitão Balduíno) • Caboclo de azar • Casinha branca (c/ Tinoco) • Cavalo preto • Coroa do rei (c/ Arlindo Pinto) • Corpo morto (c/ Arlindo Pinto) • Cortando estradão • De São Paulo ao Rio Grande • Desprezo (c/ Arlindo Pinto) • Duas verdades (c/ Luiz Rosas Sobrinho) • Encontro fatal • Envergonhado (c/ Luiz Rosas Sobrinho) • Errei (c/ Pirassununga) • Espinhos da vida (c/ Valter Amaral) • Etelvina (c/ Brioso) • Exemplo de fé (c/ Tonico) • Falsidade (c/ Tonico e Zé Tapera) • Fartura • Filho de Mato Grosso • Flor cobiçada (c/ Sulino) • Flor Mato-grossense • Gaúcho guapo (c/ Manito) • Juntinho de ti • Linda serrana • Londrina rainha • Lua cheia (c/ Luiz Rosas Sobrinho) • Luar de Aquidauana (c/ Zacarias Mourão) • Madeira sonora • Mágoa escondida (c/ Arlindo Pinto) • Maria é um nome bonito • Mariposa • Mestiça • Meu amor me abandonou (c/ Arlindo Pinto) • Meu prazer • Mexicanita • Mil e quinhentas cabeças • Minha caboquinha • Minha sanfona (c/ Arlindo Pinto) • Moda do pescador (c/ Serrinha) • Morte do Dioguinho (c/ Ado Benatti e Serrinha) • Na ponta do reio • Não mexa comigo (c/ Arlindo Pinto) • Não sinto saudade (c/ Patativa) • Não sou gaúcho (c/ Tonico) • No céu não tem correio (c/ Valdomiro Lobo) • Noite de lua (c/ Zé Cocão) • O nome manchado (c/ Arlindo Pinto) • Olhar feiticeiro (c/ Arlindo Pinto) • Os crimes do Dioguinho (c/ Ado Benatti e Serrinha) • Paixão • Peão de Minas (c/ Zé Claudino) • Peão sem sorte (c/ Arlindo Pinto) • Peito magoado • Ponteio (c/ Patativa) • Pra lá da fronteira • Promessa de caboclo • Quando a saudade se for (c/ J. Portela) • Quatro coisas (c/ Zulmiro) • Que importa • Queixas de um coração (c/ Tivas Reis) • Querência amada (c/ Luisinho) • Rancheirando em oito baixos • Ranchinho da baixada (c/ Arlindo Pinto) • Rancho triste • Rancho vazio (c/ Arlindo Pinto) • Recado (c/ Arlindo Pinto) • Rei da guasca (c/ Tonico) • Remorso (c/ Arlindo Pinto) • Resposta da mestiça • Rio Paraguai (c/ Luisinho) • Riograndense • Romaria (c/ Luiz Rosas Sobrinho e Anaiel Teodoro do Prado) • Romaria trágica (c/ Luiz Rosas Sobrinho) • Sabugo de milho • Santo glorioso (c/ Ivo Signorine) • Saudades de alguém • Se eu sou rei (c/ Ivo Signorine) • Se eu soubesse (c/ Tivas Reis) • Seu aniversário • Sofrendo por ti • Solteiro é mió • Terras do Paraná • Três boiadeiros • Trucada (c/ Limeira) • Último pedido (c/ Luiz Rosas Sobrinho) • Vaca mestiça • Vaqueiro de verdade (c/ Arlindo Pinto) • Violão de luto (c/ Arlindo Pinto) • Violeiro afamado (c/ Sebastião Vitor) • Zé Cardoso • Zé Tartuiano • Zé Valente

2 comentários:

  1. Venho agradecer Iião Camargo!Meu sinceros votos de Felicidades.E muito obrigado; pela postagem.Abraços Rubens Rosas junior.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de comunicar!Que musicas do trio Turuna estão entrando no youtube;"Flor Matogrossense".E que um novo Cd vem por aí.Com cleusas Rosas.Musicas inéditas.E o trio turuna.Abraços.Rubens Rosas Junior.

    ResponderExcluir