Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Saudade Sertaneja (Volume 30)

Márcio Pissócaro Do G1 Itapetininga e Região

Caipira autêntico é atração em Campina do Monte Alegre, SP João Ventura vive em uma casa sem energia e água encanada. Ele só sai de casa para ir à missa aos domingos.

João Furtado só sai de casa aos domingos para ir à missa (Foto: Arquivo Pessoal)

Aos domingos, Ventura tira o terno do armário para
ir até a Igreja da Matriz (Foto: Arquivo Pessoal)

João Ventura é um genuíno caipira, que ainda sobrevive no interior de São Paulo (Foto: Arquivo Pessoal)

Sêo João Ventura é um genuíno caipira, que ainda sobrevive no interior de São Paulo.Ele não acredita que Getúlio Vargas não é mais presidente do Brasil (Foto: Arquivo Pessoal)

Campina do Monte Alegre é uma pequena cidade de cinco mil habitantes no interior de São Paulo. O município está distante da capital 220 quilômetros e é por lá que vive uma figura curiosa e conhecida por um apelido peculiar: “O Caipira”.

A simplicidade é tanta, que a propriedade onde o aposentado mora ainda não tem luz, rede de esgoto, nem água encanada. Para tomar banho ele usa uma caneca e uma bacia de plástico colocada no chão de terra batida. A água para o banho é aquecida em um fogão a lenha.

As curiosidades não param por aí: para pendurar as roupas, João Ventura usa os troncos das árvores do sítio como cabides. De acordo com um velho amigo, o aposentado gosta da vida isolada e simples: “Ele é assim. Botina rasgada nos dedos e calça listrada”, comenta Carmo Gomes.

O único contato que ele tem com o resto do mundo é por meio de um velho rádio de pilha, que foi comprado em um empório do bairro na década de 80. “Esse rádio está muito velho, mas o João não larga ele", explica Gomes. O Mazzaropi de Campina do Monte Alegre não acredita até hoje que o homem chegou à lua e que Getúlio Vargas não é mais presidente do Brasil.

  1. A Vida do Sertão (Sorocabinha) Mandi e Sorocabinha (1937)
  2. Batizado do Sapinho (Mandi) Mandi e Sorocabinha (1938
  3. Caboclo Viajado (Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho) Alvarenga e Ranchinho (1937)
  4. Cantando Na Fronteiras (Raul Torres) Raul Torres e Serrinha (1940)
  5. Cheguei Na Casa da Véia (Raul Torres) Raul Torres e Serrinha (1937)
  6. Gaúcho de Lei (Alvarenga, Ranchinho e José Bernardes) Alvarenga e Ranchinho (1940)
  7. Moda da Carta (Alvarenga) Alvarenga e Bentinho (1938)
  8. Moda da Laranja (Flauzino, Florêncio e Ari Machado) Flauzino e Florêncio (1940)
  9. Numa Noite de Luar (Alvarenga) Alvarenga e Bentinho (1938)
  10. O Nome da Marica (Raul Torres) Raul Torres e Seu Conjunto (1936)
  11. O Pretinho do Rosário (Raul Torres e João Pacífico) Raul Torres e Sua Embaixada (1937)
  12. Ó Que Coisa Horrível (Vicente Paiva e Haníbal Cruz) Alvarenga e Ranchinho 1940
  13. Os Bailes de Agora (Cornélio Pires e Raul Torres) Raul Torres e Serrinha (1939)
  14. Rita Bermira (Raul Torres) Raul Torres e Serrinha (1936)
  15. Vida Folgada (Mandi) Mandi e Sorocabinha (1938)
  16. Vidinha de Roceiro (Sorocabinha) Mandi e Sorocabinha (1939)
  17. Viola e Baralho (Raul Torres) Raul Torres e Serrinha (1938)
  18. Violeiro Triste (Alvarenga e Ranchinho) Alvarenga e Ranchinho (1937)

DOWNLOAD 4SHARED

DOWNLOAD MEDIAFIRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário