Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

domingo, 25 de dezembro de 2011

Zé Catira e Dito Catireiro

Zé Catira e Dito Catireiro Zé Catira e Dito Catireiro

Leiam mais sobre Zé Catira e Dito Catireiro aqui no blog numa postagem de 11 de janeiro deste ano.

O Texto abaixo foi enviado por Fernando Luiz Azevedo Santos, filho do Zé Catira. Sinceramente me comovi muito com ele e interrompi meu Natal aqui Dois Córregos para compartilhar com vocês o que o Fernando escreveu em nome da Família Santos.

Tião Camargo

História de Zé Catira

Fernandes José dos Santos
Nome artístico ( Zé Catira )
Nascido no dia 30 de Maio de 1938. Na cidade de Ubirajara.

Filho de José Honório dos Santos e Maria Petrolina de Jesus. Iniciou sua carreira como cantor aos cinco anos de idade, já formando uma dupla com seu irmão Benedito. Conhecidos como Fernando e Ditinho no interior de Marília. Mas ficou conhecido mesmo, aos 18 anos de idade, já com um novo nome de Zé Catira e Dito Catireiro. Seu irmão já falecido também.

Percorreu por algumas cidades cantando com seu irmão, inclusive na cidade de Marília, na rádio Vera Cruz. E em São Paulo nas rádios Record, Bandeirante e Tupi. No ano de 1965. Conheceu sua esposa Ivany Itália. Casou-se com ela no dia 12 de Novembro de 1966. Do fruto deste casamento tiveram dois filhos Fernando Luis e Valquíria. Quando se casou já não estava mais cantando. E foi então, que no ano de 1984 veio a falecer vitima de câncer, aos 46 anos. Deixando assim, se calar uma voz tão bela e que trouxe tanta alegria aos que ouviam.

A família do Sr. Fernandes José agradece a todos vocês da rádio, por nos proporcionar estes momentos tão felizes. Pois realmente quando nós, filhos e netos e principalmente a esposa tivemos o privilégio de depois de 26 anos, ainda poder ouvir a voz inesquecível de quem amava a música sertaneja de raiz, foi um momento emocionante e marcante para genro, nora e os netos que não chegaram a conhecer o avô. Por isso somos muito gratos a todos.

Que Deus continue abençoando e movendo os vossos corações, para que a verdadeira música sertaneja, nunca venha cair no esquecimento. Não somente por esta dupla, mas por tantas que cantaram e ainda cantam músicas sertanejas de raiz.

Fiquem com Deus!
Família Santos – São Paulo - SP
24 / 12 /2011

Por favor, continuem mantendo contato conosco. E se por acaso vocês souberem do interesse de um algum cantor ou dupla em regravar algumas músicas do meu pai. Ficaremos gratos, pois temos em mãos algumas músicas escritas por ele que não chegaram a ser gravadas. Me desculpe por não me comunicar ,este ano foi muito corrido.

2 comentários:

  1. Gostaria de ter contato com você, que é filho de Zé Catira, por causa das obras de seu pai. Por favor, entre em contato: meu email é vmdangelo@uol.com.br. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernando tudo bem meu amigo. Meu pai era amigo do seu pai Fernando(Ze catira)

    ResponderExcluir