Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

PARA OUVIR O PROGRAMA AO VIVO NO YOUTUBE É PRECISO PARAR O PLAY DA RÁDIO, SENÃO MISTURA TUDO

Seguidores

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Morreu Patriarca da Dupla “João Mendes e Patriarca

joao_mendes_patriarca

Moreu, hoje, as 12h00, em Bauru, meu amigo Fernando Olivieri, o Patriarca da Dupla João Mendes e Patriarca. Ele havia pssado por uma cirrurgia para retirada de um tumor na cabeça, há dois anos. Estava bem e até voltou a cantar e fez uma última apresentação no especial que fizemos em 2013 em homenagem ao Zé Goiano. Seu estado de saúde se agravou no começo desse ano e veio a falecer hoje, no hospital em Bauru. O João Mendes reside em Bauru, mas o Patriarca mora com a família em seu sítio no município de Agudos, bem na divisa com Bauru.

O Patriarca está sendo velado na sala 03 do cento Velatório Terra Branca em Bauru. Ainda não sabemos o horário, nem o local de seu sepultamento.

Á familia, aos amigos e fãs do Fernando, meu profundo sentimento.

Perdemos mais uma grande Artista; perdi mais um grande amigo!

Tião Camargo

revivendo_45_anos_2006

a_lua_e_o_poeta_2011

José Olivieri (João Mendes) e Fernando Olivieri (Patriarca) nasceram na cidade de Gália no interior do estado de São Paulo. Cresceram trabalhando na lavoura.

Iniciaram a carreira em 1959, em programa de calouros na Rádio Clube de Garça.

No final de 1960 foram para a capital paulista, e passaram a se apresentar na Rádio Nacional, depois na Rádio 9 de Julho, Record, Bandeirantes e demais emissoras da capital.
Gravaram seu primeiro disco de 78 rotações no ano de 1964, pelos Discos Aurora, com as músicas "Alô Moçada" e "Destino à Capital", ambas de autoria da dupla. Ainda em 1964, gravaram o segundo 78 rotações, desta vez pela Gravadora Califórnia, com as músicas "É Fogo na Roupa", de autoria de Sebastião Rabelo e Patriarca, e "Marido de Professora", de autoria de Sebastião Rabelo e João Mendes.
Gravaram 4 LPs:

"É Fogo na Roupa" pela Gravadora Cartaz em 1966, "Par de Aliança", numa Gravadora do Rio de Janeiro, "Querida", também na Gravadora do Rio de Janeiro, e "Minhas Lágrimas" em 1975 pela Gravadora Califórnia.
Depois disso, por problemas pessoais, Patriarca parou de cantar, e João Mendes seguiu carreira cantando com outros parceiros, e gravou em 1981 com Pingo D'Água o LP "Mocinha do Circo", em 1986 gravou com Beno Silva, o LP "Os Compadres" pela Gravadora Itaipu.

Em 2003 gravou um CD com Patriota, e em 2004 João Mendes formou novamente a dupla João Mendes e Patriarca, (só que não era o seu irmão) e gravou o CD "A Viola e o Cantador".

Logo depois voltou a cantar com o seu irmão e gravou o CD "Revivendo 45 Anos", em comemoração aos 45 anos de carreira, e agora em 2011 lançam o seu mais recente trabalho intitulado "A Lua e o Poeta". Portanto, João Mendes e Patriarca continuam em plena atividade, viajando por todo o Brasil, defendendo a nossa cultura caipira.

Texto: Sandra Cristina Peripato, site Recanto Caipira

Um comentário:

  1. Olá, gostaria de entrar em contato com voce Sebastião. Qual seu e-mail imprensaeliantonelli@globo.com

    ResponderExcluir