Fotos recolhidas da net

Play Rádio saudade

Web Rádio "Saudade Sertaneja"
Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil
Transmirindo:
Data: ,
Horário de Brasília

Domingos, das 08h00 às 12h00, "SAUDADE SERTANEJA" com Tião Camargo, em cadeia com a CANAL MAIS FM de Bauru

Seguidores

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Sulino e Marrueiro (1960) gravações originais feitas em 78 rpm

Sulino e Marrueiro (1960)Sulino e Marrueiro 02 (1960)

Trata-se do primeiro LP de Sulino e Marrueiro lançado em 1960, resultado da reunião das músicas gravadas pela em dupla em 78 rpm no ano de 1959; apenas a música Indiazinha foi gravada em 1960.

Estamos repostando este álbum com as fotos originais que foram, gentilmente, cedidas pelo nosso colaborador Rodrigo D. M. Sinhoreti de Campinas/SP. Obrigado, cumpadri! Um grande abraço!

  1. Quatro caminhos (J. A. Giménez/Vrs: Sulino/ Fernandes)
  2. Indiazinha (Zé do Mato/Zé do Rancho)
  3. Somente esta noite (José Fortuna/Sulino)
  4. Maldita lembrança (R- Inclán/Vrs: Teddy Vieira)
  5. Vai saudade (Sulino/José Fortuna)
  6. Mandamentos de chofer (Sulino/Ado Benatti)
  7. Sete léguas (G. Olmos/Vrs: Fred Jorge)
  8. Trem de Goiás (Palmeira/Biá)
  9. Prisioneiro (Nizio/Teddy Vieira)
  10. Mulher errante (Sulino/José Fortuna)
  11. Velho retrato (Sulino/José Fortuna/João Gonçalves)
  12. Dois mundos (Sulino/José Fortuna/Rubens Armani)

DOWNLOAD

Um comentário:

  1. Mãe do mato. Esses tipos de discos estão entre os preferidos de nóis caipira, é claro que as coletâneas saudade sertaneja de 78 RPM também estão entre os preferidos. Sem falar da postagem de Salvador e Samuel que fez que eu entrasse em contato com Samuel (Alcides) e assim consegui o cd: Já não há flores no campo gravado em 2008 por Orvando e Alcides, (excelente), um dos 10 melhores, gravados nos últimos 20 anos. Mesmo comparado com CDs gravados por duplas famosas (consagradas) tipo Liu e Leu, Zé Mulato e Cassiano, Cacique e Pajé Etc. Muito obrigado por tudo isso. Que DEUS lhe abençoe com muita saúde e felicidades e a todos seus familiares e amigos. Um abraço.
    Waldomiro Silva dos Santos

    ResponderExcluir